Eliminando Erros conhecidos do Excel

Quando efetuamos cálculos no Excel podemos encontrar expressões que significam um tipo de erro ocorrido. Quando uma fórmula não pode ser processada corretamente, o Excel exibe um valor de erro.

A seguir temos a relação de erros e suas causas possíveis:

Erro #####
A coluna não é larga o bastante para mostrar o conteúdo numérico. Observe a fórmula aplicada, na barra de fórmulas.
Exemplo:

Datas e horas são números negativos. Observe a fórmula aplicada, na barra de fórmulas.
Exemplo:

Para solucionar o problema:

– Ajuste o tamanho da coluna.
– Verifique as Horas e Datas checandose o resultado é negativo.

Erro #DIV/0!
Ocorre quando um número é dividido por zero (0). Observe a fórmula aplicada, na barra de fórmulas.
Exemplo:

Para solucionar o problema:

– Utilize a função SE, realizando o cálculo somente se o valor da coluna B for maior que A.
Exemplo: Se(B1>A1;(B1-A1);0)

Erro #N/D
Ocorre quando um valor não está disponível para uma função ou fórmula. Observe a fórmula aplicada, na barra de fórmulas.
Exemplo:
– Data faltando e foi inserido #N/D ou ND() em seu lugar.
Observação: Você pode inserir #N/D nas células onde os dados ainda não estão disponíveis. As fórmulas que fazem referência a estas células retornarão #N/D em vez de tentar calcular um valor.

Note que aqui usei uma fórmula que soma um dia às datas da coluna A. Mas na célula A3 a data não foi definida. Daí resulta o erro na célula B3.

Outras causas do Erro #N/D:
– Fornecendo um valor inadequado para o argumento valor_procurado da função de planilha PROCH, PROC, CORRESP ou PROCV
– Usando um argumento em uma fórmula de matriz que não tem o mesmo número de linhas ou colunas que o intervalo que contém a fórmula de matriz
– Omitir um ou mais argumentos necessários de uma função de planilha interna ou personalizada
– Usando uma função de planilha personalizada que não está disponível
– Executando uma macro que insere uma função que retorna #N/D

Erro #NOME?
– Ocorre quando o Excel não reconhece o texto em uma fórmula.
Você sabia que podemos dar Nome a uma célula? É só clicar nela e na Caixa de nome digitar o nome desejado.

Agora, supondo que tenhamos mudado e utilizemos o nome errado para a célula teremos o erro #Nome?
Veja a seguir:

– Digitando o nome de uma função incorretamente. Exemplo: = Nédia(A1:A7)
– Inserindo texto em uma fórmula sem colocá-lo entre aspas. Exemplo: = Se(A1>5;Aprovado;Reprovado)
– Omitindo dois-pontos (:) em uma referência de intervalo. Exemplo: =Soma(A1 A7)
– Fazendo referência a outra planilha sem utilizar a exclamação. Exemplo: = Plan3 C1

Erro #NULL!
– Ocorre quando você especifica uma interseção de duas áreas que não se interceptam. O operador de interseção é um espaço entre referências.

– Usando um operador de intervalo incorreto
– Intervalos que não interceptam

Erro #NUM!
Ocorre com valores numéricos inválidos em uma fórmula ou função.

Erro #REF!
Ocorre quando uma referência de célula é inválida. Exemplo:
Na nossa pasta não existe a Plan5 e usamos a fórmula =Plan5!C7

Erro #VALOR!
O Microsoft Excel não consegue converter o texto no tipo de dado correto. Certifique-se de que a fórmula ou função está correta para o operando ou argumento necessário, e que as células referidas pela fórmula contêm valores válidos. Por exemplo, se a célula A5 contiver um número e a célula A6 contiver o texto “Não disponível”, a fórmula =A5+A6 retornará o erro #VALOR!.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s